RJ - ÍNDIOS/ALDEIA/MARACANÃ/CONFLITO - GERAL - Policiais Militares usam spray de pimenta nos manifestantes. O clima é de tensão em frente ao antigo Museu do Índio, na Maracanã, Zona Norte do Rio, na manhã desta sexta-feira. Homens do Batalhão de Choque da Polícia Militar (BPChq) cercam desde a madrugada e há o risco de uma invasão a qualquer momento. O imóvel está ocupado por índios de várias etnias desde 2006, mas o governo quer contruir um museu olímpico no local. O prazo para que os índios deixassem o imóvel, determinado pela justiça federal, terminou à meia-noite desta quinta-feira. 22/03/2013 - Foto: AGÊNCIA O DIA/AGÊNCIA O DIA/AGÊNCIA O DIA/ESTADÃO CONTEÚDO

Aldeia Maracanã: Há 5 anos, era aceso o estopim da revolta popular

Há 5 anos, a máfia do Rio de Janeiro, chefiada pelo bandido Sérgio Cabral, reintegrava ao estado a posse da

Ler mais
pt_BRPT_BR
es_MXES pt_BRPT_BR