Idoso é assassinado pela polícia no Morro da Rocinha

xciclista-pipoca-jpg-pagespeed-ic-xqzfa0z9y

Na manhã de hoje (16), três policiais militares tiveram seus fuzis apreendidos depois de atirarem para matar contra o idoso Francisco Nunes de França, de 75 anos, conhecido por moradores com Seu Pipoca. Ele foi baleado na perna em operação no Morro da Rocinha na última segunda-feira (14). O disparo acertou a veia femoral do aposentado que já chegou morto ao hospital Miguel Couto. Testemunha afirmam que ele tentou se proteger dos tiros, mas acabou virando alvo dos policiais.

O comerciante Júlio Cesar Pereira de Souza, de 43 anos, também foi atingido na perna e levado para o hospital Miguel Couto, mas sobreviveu ao ferimento. Pelas redes sociais, moradores lamentaram a morte do Seu Pipoca e protestaram contra a rotina de confrontos imposta pelo Estado há meses nos morros da Rocinha e do Vidigal, período em que ao menos 62 pessoas foram mortas pela polícia.

A polícia fez acordo com uma facção do tráfico para expulsar outra facção do morro. Com certeza tem dinheiro nessa história e nós que ficamos no meio dessa guerra. Ninguém quer saber da Rocinha, porque aqui morre gente todo dia e ninguém fala nada. Se morre um empresário na zona sul, todo mundo fica comovido. As crianças aqui vivem com cheiro de sangue, morte e pólvora todo dia — disse um morador na página Rocinha em Foco na rede social Facebook.

Comentários

Comentários

Deja un comentario

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos necesarios están marcados *

es_MXES
pt_BRPT_BR es_MXES