[ Buba Aguiar ] NOTA DE ENEGRECIMENTO – sobre o assédio da imprensa

Domingo (11/03) estávamos numa reunião de formação de um novo pré vestibular na Favela de Acari. Foi onde conversei com o pessoal da Ponte Jornalismo denunciando a atuação do 41o BPM em Acari.

A atuação do dito batalhão é de política de extermínio, podemos dizer que é um novo Cavalos Corredores institucional (para quem não sabe Cavalos Corredores foi um grupo de extermínio que atuou nos anos 90 e fez várias chacinas, inclusive a de acari).

Na segunda (12/03) participei de um evento no Teatro Oi Casa Grande sobre intervenção nas favelas e a militarização das nossas vidas.

A mídia corporativa me caçou feito rato querendo entrevista. O Fantástico queria entrevista exclusiva comigo. E eu não dei nenhuma entrevista para esses veículos de mídia, nem respondi a muitos deles.

Alguns continuam atrás de mim, perturbando minha família e meus amigos. Me encurralaram na saída da minha consulta médica ontem. Estão desrespeitando minha luta e minha privacidade. Não só a minha, mas também a de todos os meus companheiros de luta, especialmente dos integrantes do Coletivo Fala Akari.

Não dei entrevista e não darei. Quem conhece minha luta política deve ter a certeza (ou ao menos deveria) de que eu jamais falaria com esses veículos.

Estão pegando as minhas falas públicas e fazendo matérias como se eu estivesse dando inúmeras entrevistas, quando na verdade não falei com ninguém.

Nós não fugimos, não somos criminosos. Não abandonamos a comunidade, pois SOMOS FAVELA E A FAVELA DE ACARI ESTÁ CONOSCO.

Aproveito para agradecer a todos que estão nos apoiando e até enviando mensagens em solidariedade.

Agradeço a toda América Latina pelo apoio enviado.

Agradeço em especial aos moradores de Acari que estão nos apoiando de forma formidável.

Estou firme na luta, tenho convicção no que eu faço junto de companheiras e companheiros. Não irei esmorecer, E NÃO IREI RECUAR.

Continuem ouvindo nossos gritos, pois não estranhamente o 41 não tem feito operações em Acari, mas já imaginamos o que irá acontecer quando essa poeira abaixar…

#MarielleVive #AsVidasNasFavelasImportam #AcariPresente #MariellePresente#povonegrovive #VidasNegrasImportam

Comentários

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

pt_BRPT_BR
es_MXES pt_BRPT_BR